14 de novembro de 2009

AUTOBONGA! Party!


Local da Celebração: Bombar, Espinho, Portugal, Universo

12 comentários:

ritacatita28 disse...

Eu vou! E não fui ao Rock'in Rio!

Bloco D disse...

Mas que maravilha...

Mais um evento digno do nível de um 14 de Maio.. Todos os seguidores não faltem porque é pecado....

Parabéns pela divida produção :)

Quenguinha do Alternativa disse...

não me posso esquecer de levar minha prancha de surf, pois essa festa vai ser um tsunami porreta de bom!

Joly disse...

Ontem no Bombar só se falava desta festa, que já recebeu a alcunha de Festa do Azeiteiro!!! Parece quen anda tudo a pensar no dress code! ;) O mais engraçado foi ouvir uma senhora com muito bom ar (ou seja, com ar de quem tem juizo) perguntar: "Desculpe, mas onde é essa festa do azeiteiro? Aqui? Vou já falar aos meus amigos!". A coisa promete...

A Gerência disse...

Joly, se assim for sua vontade, sim poderá ser considerada a festa do azeiteiro! Mas uma coisa lhe garanto, desde que exista fé e super bock de garrafa até altas horas da madrugada, tudo pode e vai acontecer!
Acreditamos no nosso elevado poder sugestivo enquanto grupo!

Joly disse...

O evento já está publicado no blog do Bombar!! ;)

Poliban, O Terrorista disse...

Fantástico! De facto nunca duvidámos de seu patoix e queda natural para as Relações Públicas, cara Ana Maria.
O texto é verdadeiramente sublime, e suscitará certamente ondas, perdão, vagas de medo a todos aqueles que estejam a pensar aparecer, para abanar a anca no próximo dia 20!

amaia do blog disse...

acreditamos no nosso poder de ebangelizar... e espalhar a loucura e o amor da ceita... saudaçoes no bindhi...

borys clitorys disse...

Não será melhor levar um camião de abastecimento da super bock, assim só pelo sim pelo não? É que eu também vou à festa como representante da Bósnia, terei que beber muito para esquecer... qual selecção qual quê? AUTOBONGA PARTY for Ever and Ever i qive you my heart.

Anónimo disse...

afterhours na maison do piroka:)

A Gerência disse...

há coisas fantásticas não há? Um agradecimento profundo e húmido da gerência, a todos quantos tornaram este caminho em direcção ao precipício um agradável acidente!

ritacatita28 disse...

Se eu não podia viver sem o AUTOBONGA? Podia...mas não era a mesma coisa...